assinatura
HOME


Há algumas controvérsias sobre quem criou o primeiro automóvel, mas não é errado dizer que a criação do automóvel — como o conhecemos —, ocorreu ao longo dos últimos 200 anos, por meio do esforço de diversas pessoas que se dedicavam, por motivos diversos, a criarem um novo meio de locomoção.


Quer saber mais sobre o processo embrionário que fez os carros se tornarem aquilo que você vê hoje na rua? Então aperte os cintos e nos acompanhe na nossa máquina do tempo.


O desenvolvimento do primeiro automóvel


Ainda no século XV, Leonardo da Vinci criava os primeiros esboços daquilo que poderia ser, um dia, um veículo de locomoção; um triciclo movido a corda. Estava à milhas de distância do que conhecemos hoje? Com certeza, mas já demonstrava a existência dessa ideia no imaginário do ser humano.


Bem mais tarde, Ferdinand Verbiest, astrólogo, cientista, matemático e jesuíta, criou para o imperador chinês, em 1672, um brinquedo movido a vapor que poderia facilmente passar por um protótipo dos carros que viriam a ser criados dois séculos mais tarde pelos alemães.


Já na virada do século XIX, em janeiro de 1886, na Alemanha, o engenheiro Karl Friedrich Michael Benz registra uma patente curiosa, e em junho do mesmo ano aparece em público com o Benz Patent-Motorwagen, o primeiro automóvel movido a gasolina do MUNDO.


Com curiosas três rodas (como as rodas das bicicletas), chassi de madeira, motor de quatro tempos — como os de hoje —, apenas um banco e uma manivela que fazia o papel de volante, o veículo criado pelo engenheiro era capaz de alcançar até 16 km/h; lembre-se que era apenas um veículo de passeio.


Anos mais tarde, após a destruição de seu primeiro modelo — colidido com um poste, dizem as más línguas —, Benz uniu-se a outro engenheiro alemão, Gottlieb Daimler, dando início a uma pequenina marca de carros, existente até hoje, aliás. Você deve conhecer de nome a… Mercedes-Benz.


Dai em diante foi uma jornada de competição pelo favoritismo do público. Uma competição acirrada, vencida por alguém que já citamos lá no começo.


Nos Estado Unidos, Henry Ford, em 1920, criava a linha de montagem, capaz de produzir um carro em menos de duas horas, com o auxílio de máquinas e operários; muito bem pagos por sinal. Enquanto a maioria dos automóveis, até 1920, eram movidos a energia elétrica e a vapor, os carros Ford chegavam ao mercado a base de gasolina, ganhando a preferência dos consumidores e páginas duplas nos registros da História.


Mas essa é uma história para outro blog.


O que você precisa saber é que, após o Benz Patent-Motorwagen, o primeiro carro movido a gasolina, criado na Alemanha, Ford e diversos outros fabricantes começaram a produzir suas próprias versões de veículos, aprimorando aquilo que Benz criou e tornando-o mais eficiente e expressivo, até chegarmos aos automóveis atuais. Modernos, confortáveis, velozes, tecnológicos e sonhos de consumo.

Deixe uma resposta

Blog da Rio Branco é desenvolvido em WordPress. Editado por Andressa Aparecida Santos.

Copyright 2011 - Distribuidora Rio Branco.
www.riobrancopetroleo.com.br