assinatura
HOME


Você já deve ter tido a infeliz surpresa de reparar uma coisa diferente no seu carro, uma mancha na pintura, bem ali na porta, ou no capô, talvez. Esse tipo de dano à pintura do veículo pode acontecer a qualquer momento e por diferentes motivos, e é sempre uma frustração, pois além de deixar o carro menos atraente, diminui o seu valor de revenda; além de que por causa de uma manchinha, é preciso repintar todo o veículo.

Pensando em te ajudar a preservar o seu carro, listamos 7 coisas que podem manchar a pintura dele. Confira, e no final diz pra gente se já passou por isso.


Flutuações de temperatura


Tenha muito cuidado ao expor seu veículo a temperaturas muito frias ou muito quentes. A pintura e o verniz podem “craquelar” sob temperaturas muito baixas. Se exposto ao calor por demasia, sob o sol, por exemplo, o carro pode ter a pintura “queimada”, alterando sua tonalidade. Logicamente, veículos mais modernos estão preparados para essas variações de temperatura, mas não custa nada deixar avisado, ainda mais se você for dono de um veículo com um pouco mais de história.


Tinta


Não há nada mais chato de remover da pintura do carro quanto resquícios de tinta, ou até mesmo de massa ou cimento. Resíduos dessa espécie podem deteriorar e manchar facilmente a pintura do veículo. A dica aqui é evitar deixar seu veículo próximo de obras, construções e áreas sendo pintadas. Caso tenha a infelicidade de ser uma vítima, recomenda-se o uso de pasta abrasiva, para respingos de tinta, e bastante água e sabão, para cimento e poeira de construção.


Cocô de passarinho


Isso mesmo, as fezes dos passarinhos, por mais inesperadas que sejam, podem corroer e manchar a pintura do carro. A dica aqui é evitar estacionar de baixo de árvores, e caso seja inevitável, ficar sempre atento no carro para o caso de um passarinho ter te deixado um… presente de grego. Limpe a sujeira imediatamente com água e um pano úmido para evitar que a coisa fique feia.


Chuva ácida e de granizo


Devido a presença de gases e partículas na atmosfera, pode ocorrer de algumas chuvas conterem um teor alto de acidez, resultando em chuvas ácidas, e sob condições atmosféricas inferiores a -80ºC, granizo, capazes de deteriorar pinturas. Esse fenômeno é bastante recorrente em cidades grandes, e o único jeito de se prevenir contra esse problema repentino é evitar deixar o carro na chuva; afinal, nunca sabemos o teor da chuva que vai cair em cima de nossas cabeças.
Se foi pego de surpresa, lave o carro imediatamente assim que chegar em casa e mantenha-o sempre encerado; a cera ajuda a coibir esses danos.


Restos de asfalto


Resquícios de asfalto, o betume espesso usado para pavimentar vias públicas, pode ser um calo no pé quando em contato com a pintura do carro. Por ser derivado do petróleo, acaba sendo resistentíssimo a água. O único jeito de ser removido é com o uso de solventes. A dica para conter esse tipo de mancha é evitar conduzir em vias em manutenção e, caso seja tarde demais, usar solventes, como o querosene, para remover os resíduos de asfalto da pintura, em seguida lavar o veículo com água e sabão neutro.


Gasolina e álcool


Combustíveis, como a gasolina e o álcool, quando em contato com a pintura do veículo podem acarretar em manchas. Esse dano pode ocorrer principalmente na hora de abastecer o veículo, onde por descuido do frentista, respingos de combustível acabam tocando a pintura. Por isso é importante em abastecer em postos onde a empresa preza pelo treinamento dos seus frentistas, como a Rio Branco Combustíveis. Em caso de contato do combustível com a pintura do carro, lave imediatamente com água e sabão neutro; cobre isso do frentista que abasteceu para você.


Maresia


Se você mora perto do mar, certamente já está habituado com esse fenômeno indigesto, e se vai viajar de carro para o litoral, já fique ciente. A maresia, as gotículas de água do mar trazidas pelo ar, é responsável por enferrujar e deteriorar aparelhos e componentes de metal, e veículos não são exceção. Por isso, evite andar com o veículo arranhado ou amassado, pequenas avarias podem deixar a lataria exposta, o que será um prato cheio para a ação da água do mar.


Essa foi nossa lista de 7 coisas que podem manchar a pintura do seu carro. Você já foi surpreendido por alguns dos itens listados aqui? Conte pra gente.

Deixe uma resposta

Blog da Rio Branco é desenvolvido em WordPress. Editado por Andressa Aparecida Santos.

Copyright 2011 - Distribuidora Rio Branco.
www.riobrancopetroleo.com.br